25 de mai de 2014

"Desastre"

Apesar de esperar grande movimentação entre os diversos setores da cidade, manifestação de opiniões - inclusive contrárias - e transtornos, vou confessar que não esperava tanta violência.

É bom lembrar aos estudantes universitários que dentre os estudantes "semianalfabetos" (referindo-se aos cotistas), alguns são seus colegas, e que o conceito de "se preparar melhor" não se trata mais de "investir mais dinheiro".

Outra coisa, setor empresarial, comercial, prefeitura, etc. etc. etc., defensores da economia da cidade, não vamos nos esquecer que estamos falando de educação pública. Ou seja, pensem em um evento à caráter para movimentar o comércio, já que o vestibular da UFSM já era. Digo isso estufando o peito: já era!

95 reais de inscrição? Já era!

Dezembro-Janeiro, Santa Maria, cidade turística, feirão da educação? Já era!

Leilão dos primeiros lugares da lista de chamada? Já era!

Não que alguns setores destes já não estejam adequando seu lucro à prova do ENEM, com antecedência e com eficácia.

Mas, meus caros, sabemos bem que o buraco é mais embaixo e que o desespero é compreensível.

E ao senhor prefeito, quanto ao "desastre" aqui colocado, como já disseram, menos, bem menos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário