27 de nov de 2013

20/05/2013

      O projeto do qual eu faço parte dentro do SMIC não é o “Olhares”, no entanto, “olhar” é um termo que se aplica perfeitamente. Ao final de cada encontro, posso dizer que meu olhar sobre o mundo é outro. Um exemplo claro disso foi o fia em que discutimos sobre “Cosmovisões”, assunto pelo qual meu conhecimento conceitual era bastante superficial. Depois de ler o texto e discutir de forma crítica o assunto, trazendo elementos de vários âmbitos cotidianos, com os outros integrantes do grupo, eu pude enriquecer meu ponto de vista.
     Encontros como esse, transformam o nosso modo de olhar e nos colocar nos ambientes, nas relações, nos grupos. Transformam o nosso modo de vivenciar e interagir. Essas discussões realmente me atingem e, de certa forma, se refletem em todas as minhas ações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário