20 de ago de 2013

Mustapha

O que a nossa consciência, quando foge ao nosso controle, nos causa, pode ser devastador... ou magnífico.

Um monte de bobos procurando qualquer coisa por bueiros e bosques. Se sentindo em contato extremo com a natureza - do que se trata?
Internação psiquiátrica, na certa!?

E a felicidade irreprimível? E os olhares intensos e sorrisos bonitos? E a liberdade tão presente? E a ilusão onipotente que se tem, sabendo, no mesmo momento, que do que se trata, não é, senão, uma ilusão... mas sem deixar de fazer sentido o que não era para fazer?

Tá tudo certo e nada resolvido! - é a impressão desses momentos realmente livres. Mas estar com tudo certo e nada resolvido é inaceitável.

Ouça aquela mágica!
Ouça aquele cara!
Ouça aquela mágica!
Ouça aquele cara!

Olha ali, o gato Mustapha
E suas vestes indianas
Dentro de sua toca
Esperando ser perseguido
Na frente!
Ao lado!
Agora atrás
Mustapha bem aí!









Nenhum comentário:

Postar um comentário