17 de abr de 2013

O Último Pôr-do-Sol

Minha vida é saudade da cada que passou e há de passar, é memória, é dor. Mas é dor que é vida.
É caetano, é Bahia. É gente preta, gente bonita.
É sorriso de gente feliz.
É solidão, é paciência.
É multidão, incontinência.
São olhos e universos e galáxias e corações.
São ventos e praias e montanhas e vulcões.
É partida. É chegada.
É barulho. É silêncio.

É urgência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário