12 de abr de 2012

Sem Intenções

As seis horas da manhã ouço o relógio gritar
No dia que não quer despertar
E a voz em meu ouvido - "levanta, você tem de acordar"
"Pra quê?" - pergunto
Pra ver o dia findar
Sem nem começar
Jamais começar...

Um comentário: