19 de nov de 2011

Ser culto não é ser sábio

  Adquirir conhecimento, colecionar informações é algo irresistível e inevitável, contudo são raros aqueles que se dão por conta do mais importante, que é: o que você pode fazer com tais informações. Veja bem, inteligentes são todos, já os sábios são poucos.
  O crucial é compreender que ser intelectual não é ser sábio; que o conhecimento vem de fora, e a sabedoria vem de dentro, ou seja, o bom pensador não é aquele que possui a informação, e sim aquele que sabe agir corretamente quanto a ela.
  Os inconformados questionadores, repletos de dúvidas e perguntas sem respostas, são os mais sábios dos sábios, pois refletem sobre tudo, todo o tempo.
  Ser sábio é ser dócil, tratável e simples. É buscar em seu intrínseco o melhor de si para si e para os outros. É conviver e aceitar as pessoas como elas são; compreender sempre - e ser prepotente nunca. É ver a diversidade; analisar; admirar para ser admirado. Contemplar o novo; contemplar sempre. Perguntar-se, refletir, saber apaixonar-se pela vida e saber apaixonar-se pelo próximo. É saber exigir - e nunca o que o outro não poderá oferecer. Enfim, ser sábio vai muito além de ser culto, é ter o conhecimento na bagagem e saber exatamente em que lugar descarregá-lo.

3 comentários:

  1. Pois é, inteligente qualquer um pode ser, mas sabio... é muito mais difícil!
    gostei do seu texto, você escreve bem!

    obrigado pela visita no meu blog, to seguindo o seu.

    me segue?
    http://errosxacertos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela qualidade do seu blog.
    Estou seguindo, segue?


    Entrem, comentem e sigam, aproveitem e concorram ao sorteio de 4 Chips #TimBeta

    http://www.senhordoseculo.com/p/promocao.html

    ResponderExcluir