28 de jul de 2011

A part Ono

  Ao acordar, ela teve um sobressalto notando que a outra metade da cama havia desaparecido. E a metade do armário não estava lá. Correu ao banheiro e lavou o rosto, mirou-se no espelho, este não possuía, também, a outra metade. Entrando na cozinha, ela viu o que temia: meia-mesa, meia-geladeira, meio-fogão e meia-pia. A sala de estar não estava diferente - do sofá restara apenas a metade e de cada cadeira faltavam duas pernas. Ao ver que a garrafa favorita de uísque estava, como todo o resto, pela metade, ela previu o pior. Foi quando olhou para a porta - estava meio aberta. Sim, ele fora embora, levando metade dela consigo.

Um comentário:

  1. Tão ruim ver isto... sentir esta sensação de estar incompleta...

    Belo Post!

    ;D

    ResponderExcluir