2 de fev de 2011

Liberte-se

  Somente quem já se sentou na calçada de uma avenida movimentada, fechou os olhos e sentiu o sol quente e o movimento dos carros sabe o que é sentar-se em uma avenida movimentada, fechar os olhos e sentir o sol quente e o movimento dos carros. Apenas quem conhece seu interior sabe como é estar dentro de si mesmo. Aquele que caminhou sem rumo por uma estrada qualquer, em uma tarde qualquer, e esqueceu-se de olhar as horas por horas e horas sabe o que ter um momento de liberdade plena de tempo - você que entende que é necessário ter o tempo e não servir a ele sabe viver. E nesse momento, do esquecimento e da despreocupação, você compreende a autoindependência. E esse instante todo seu, todo quente e liberto, é algo que vai entrando, entrando e entra cada vez mais. E vai tomando conta, tomando conta e quando você vê está em outro universo, algo maior e mais profundo; algo que só encontra internamente. Porém, para chegar nesse espaço interno precisa de mais que um grande esforço; precisa, antes de tudo, de paciência - não apenas para esquecer das horas, mas para esquecer todo e qualquer pensamento; tudo aquilo que está deixando sua mente exausta. Então, relaxando a cabeça e esquecendo-se do resto do mundo, terá a reflexão que precisa, sobre qualquer coisa; e assustar-se-á ao perceber: pensar não dói.

2 comentários:

  1. Como não dói?Pensar demais é o que te deixa mais em contato consigo, com o que não pode negar em má fé.Através do pensamento o ser humano pode admitir tudo o que ele não diz pra si mesmo, nem mesmo se for bem baixinho.Isso pode machucar, isso pode angustiar, e trazer cada vez mais dor para si.Pensar dói.

    ResponderExcluir
  2. fala amiga o/ tai um presente pra vc

    parabens, cabei de te indicar para o selo, vá buscar o/

    http://tabernadoviking2.blogspot.com/2011/02/momento-congratulations.html

    ResponderExcluir